Weather (state,county)

Ultimas Notícias

"Atirar contra policiais não necessariamente é tentativa de homicídio, decide tribunal"


Repercute nas redes sociais uma decisão da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) que confirmou uma decisão de primeira instância excluindo dois acusados de tentativa de homicídio de julgamento pelo tribunal do júri. Seguindo a jurisprudência da câmara, os desembargadores entenderam que, durante uma perseguição, suspeitos que atiram contra policiais não necessariamente desejam matá-los ou assumem esse risco.

“Não há elementos a evidenciar que o réu teria feito mira, direcionando os disparos contra os policiais militares, mas sim efetuaram os disparos como forma de evitar ou dificultar a aproximação”, escreveu o relator, seguido pelos dois colegas. “Não se pode presumir que quando alguém efetua um disparo de arma de fogo em fuga de policiais, está atirando para matar os agentes”, escreveu o juiz de primeira instância. Pela decisão, os suspeitos podem ser acusados apenas de crime de resistência ou de disparo de arma de fogo.

É jurisprudência no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS)|

Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo"

fonte: www.gazetadopovo.com.br

10 comentários:

  1. Muito " bom " o raciocínio desses senhores....eles devem dizer também que, qdo os policiais atirarem e sem querer matarem o bandido/estuprador/ ladrão/homicida....que o disparo foi só pra tentar parar a ação dos mesmos.

    ResponderExcluir
  2. Integrantes do judiciário a favor de bandidos...! Não sei pq não fique surpreso, será que é por fatos semelhantes serem tão recorrentes? Acho que sim!!

    ResponderExcluir
  3. Então todos os policiais não pode ser condenado quando ele atirar no suspeito porque foi para tentar parar ação se ele morrer é consequência da ação do mesmo EA jurisprudência qualquer policial que entrar também tem porque a lei tem que ser igual para todos ou senhor é tão prevaricando

    ResponderExcluir
  4. SOU ANALFABETO DE PAI E MÃE SOBRE LEIS. MAS PARA MINHA PESSOA QUANDO ALGUEM REAGIR A UMA ABORDAGEM ARMADA ATIRANDO CONTRA A POLICIA PARA MIM É TENTATIVA DE ASSASSINATO. ESTAMOS FUDIDO COM ESTAS LEIS QUE SÓ FAVORECER BANDIDOS. SÓ DEUS PARA NOS SOCORRER.

    ResponderExcluir
  5. Claro! Estão certos... atirar em Juiz e desembargadores também não deve consistir em tentativa de homicídio... É só uma forma de assustar. Fala sério!

    ResponderExcluir
  6. Triste realidade do Brasil doutrinado no ensino Superior por ideais de esquerda onde o interesse individual sobrepõe ao coletivo.

    ResponderExcluir
  7. São magistrados sustentados pelo tráfico de drogas e afiliados as facões criminosas ,pra quem não sabe tem juiz bandido tambem

    ResponderExcluir
  8. Tenho vergonha desse judiciario ,quando um estuprador pegar a mulher e filha de um desses doos ,vamos fazer o mesmo ,o coitado é vitima da sociedade por ter sido criado pela avó cambada de imbecis

    ResponderExcluir
  9. Me admira que o alto comando de policia deixa isso barato ,por gavor se manigestem ,vcs estao morrendo e eles nao estao nem ao

    ResponderExcluir
  10. MESMO SE EU DER 17 + 1 TIROS EM ALGUM BANDIDO, A MINHA INTENÇÃO TAMBÉM, NÃO É MATAR E SIM RESSOCIALIZAR O ELEMENTO, AFINAL TODOS TEMOS DIREITO A TER OUTRA OPORTUNIDADE.

    ResponderExcluir